GRUPO TEPEÓ OCUPA O TEATRO DO VIDIGAL DE 23 à 31/10

b2ap3_thumbnail_12080027_989402901082401_6096349340682905718_o.jpg

E PENSAR QUE UM DIA FOMOS FELIZES PARA SEMPRE

Texto e Direção de Oscar Saraiva.

Temporada: 
23 e 24 outubro (sexta, sábado) - Horário: 21 horas 

25 de outubro ( domingo) 20 horas

30 e 31 de outubro (sexta e sábado)
Horário: 21 horas
Local: Teatro do Vidigal (fundos da Escola Municipal Almirante Tamandaré) Rua Doutor Olinto de Magalhães, 16 - Vidigal

BILHETERIA: 4 reais

 Classificação indicativa: 16 anos

SINOPSE:

E pensar que um dia fomos felizes para sempre conta uma história de amor e vingança. Uma história de pessoas que vivem pequenas inconsequências. Estas se acumulam até o inevitável desastre que modifica radicalmente suas vidas. Ninguém está salvo, ninguém é culpado ou inocente, mas o alvo continua sendo cada um de nós. Esta é a história de quando uma bala perdida encontra o alvo.

> FICHA TÊCNICA:
Elenco: Anderson Primo /Beatriz Morgana /Elton Pinheiro /Eric Meireles /Kamilla Neves /Noemia Oliveira 
Paula Almeida / Vinicius Patrício.

Ator Convidado: Camilo Pelegrini

Texto e direção :Oscar Saraiva

Músico:Raphael Pippa

Iluminação:Elton Pinheiro

Fotos :Vinicius Patricio

Arte:Débora Accioly

Produção e realização
GRUPO TEPEÓ

O teatro do Vidigal foi construído pelo Grupo Nós do Morro em 1995. Completando esse ano 20 anos aberto ao público, com aulas, apresentações teatrais, musicas, saraus e poesias. 

 

767 Hits
0 Comments

Cia Les Trois Cles apresenta: A Gigantea no TEATRO DO VIDIGAL 09 E 10/10

 

Nesta sexta-feira (09) e sábado (10) de outubro as 19h em parceria com a Anistia Internacional, a Cia Les Trois Cles aporta no Teatro do Vidigal com seus incríveis bonecos e faz dois dias de espetáculo com bilheteria SUPER POPULAR de R$ 4.

 

Sinopse A GIGANTEA

 

Em uma região desértica de um país imaginário, o menino Makou vive com sua mãe. Todos os dias ele sai à procura de água. Certa manhã, Makou é sequestrado por um tirano, líder de um exército de seres híbridos (homens/bestas), que o recrutam à força e o transformam em um menino soldado. Começa, então, sua luta por sobrevivência e seu nomadismo. A inocência o abandona, mas, em sonho, ele procura reconquistar a infância e reencontrar La Gigantea, a raiz que fornece água, o ouro azul.

 

De maneira lúdica e poética, a encenação parte do universo apocalíptico do pintor Hieronymus Bosch, da África (através da obra de Amadou Kourouma, escritor da Costa do Marfim), assim como dos contos primitivos recolhidos por Henri Gougaud. O título do espetáculo é uma referência a Byblis Gigantea, planta símbolo da vida em diversas civilizações, que brota em terras áridas e encontra-se, atualmente, em vias de extinção.

 

Com mais de 250 representações internacionais, aliando o ato político e o olhar poético, a Companhia Les Trois Clés e a Anistia Internacional tecem, juntas, uma luta pela defesa, dignidade e proteção das crianças.

 

DIREÇÃO E DRAMATURGIA: Eros P. Galvão e Alejandro Nuñez Flores

Elenco: Alexandre Scaldini, Bruno Oliveira, Eric Meireles, Leandro Vieira e Vanessa Dias.Assi. Direção: Brenda villatoroRealização dos bonecos e objetos: Adriano Siqueira, Alexandre Scaldini, Fábio Simões e Marcelo Vargas; Concepção: Alejandro Nunez Flores, Maria Adélia e Eros P. Galvão,Máscara e objetos: Sigfrido RiveraFigurino e acessórios: Maria Adélia. Agradecimentos à Ana Teixeira e Stephane Brodt por ter nos apoiado ao longo do processo de remontarem abrindo as portas da Casa Amok Teatro, cia Dos à Deux e Nós do Morro.

Realização: Ginga Brasil Produções e Eventos Tec. Som e Luz: Guilherme Miranda

Agradecimentos à Ana Teixeira e Stephane Brodt por ter nos apoiado ao longo do processo de remontarem abrindo as portas da Casa Amok Teatro, cia Dos à Deux e Nós do Morro. 

 

Publicado em 09/10/2015

937 Hits
0 Comments

´Bandeira de Retalhos´ comemora um ano em cartaz com nova temporada no Casarão do Nós do Morro

´Bandeira de Retalhos´ comemora um ano em cartaz com nova temporada no Casarão do Nós do Morro

 

´Bandeira de Retalhos´, peça do Nós do Morro que estreou em 14 de junho do ano passado na sede do grupo, no Morro do Vidigal, inicia uma nova temporada, no mesmo local, na terça-feira, dia 4 de junho, às 21h. O espetáculo fica em cartaz às terças-feiras, às 21h, até 17 de julho no Casarão do Nós do Morro – Rua Dr. Olinto de Magalhães, 54, Vidigal. A entrada é gratuita, mas com direito ao chapéu do elenco, ao fim do espetáculo.

Continue reading
1518 Hits
0 Comments