Atores do Nós do Morro que participaram da série "Suburbia" da TV Globo

 

 

Em 2016, o Grupo Nós do Morro completará 30 anos de atividade ininterrupta. De forma estratégica, o grupo inaugura uma nova fase em seu processo de gestão e se prepara para a chegada deste importante momento de sua história, através da execução de um planejamento estabelecido para os próximos três anos.

 

Para orientar o alinhamento de esforços da instituição na direção dos objetivos a serem atingidos e do cumprimento de sua missão original, que é proporcionar o acesso indiscriminado à arte, à educação e à cultura, por meio das atividades permanentes de formação em artes cênicas e audiovisual, o Nós do Morro começou em 2014 uma reestruturação.

 

Assim, comunicamos a nossos alunos e parceiros que encerramos nossas atividades de casting e agenciamento artístico, ou seja, a partir deste momento, não há mais no Nós do Morro um departamento para enviar informações dos participantes de nossas atividades para seleções de trabalho em espetáculos, musicais, cinema e TV.

 

Estamos estimulando que nossos alunos aprendam a gerir suas carreiras artísticas de forma independente.

 

Com esta ação, atendemos também uma antiga reivindicação dos atores de terem mais liberdade para agenciarem seus trabalhos no mercado.

 

Em respeito ao direito à privacidade e ao Estatuto da Criança e do Adolescente, nossos colaboradores estão orientados de que não estão autorizados a fornecer dados de contato e informações pessoais de nossos alunos.

 

Temos certeza que proporcionando maior liberdade para nossos atores, melhorando a qualidade de nossa pesquisa e a qualidade de nossa formação, continuaremos contribuindo para a inserção de profissionais em diferentes setores da economia criativa.

 

Setembro/2014

[imagem da página do projeto Vinicius de Moraes http://www.viniciusdemoraes.com.br/pt-br/teatro/orfeu-da-conceicao]

 

Influenciado por incursões nos morros, terreiros de candomblé e escolas de samba, Vinicius de Moraes iniciou sua aproximação da realidade afro-brasileira e teve a ideia em 1942 de transpor o mito grego de Orfeu para uma favela carioca. Sua ideia tornou-se um espetáculo que estreou no dia 25 de setembro de 1956 no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Oscar Niemeyer fez os cenários, Carlos Scliar e Djanira fizeram os cartazes, o Teatro Experimental do Negro de Abdias Nascimento forneceu os atores para o elenco, como o próprio Abdias, além de Haroldo Costa, Ademar Pereira da Silva, Ruth de Souza entre outros.

 

A peça "Orfeu da Conceição" foi a primeira vez, na história do Teatro Municipal, que atores negros pisaram em seu palco. Saiba mais.

 

Em abril de 2014, o grupo Nós do Morro fez uma homenagem ao poeta e a cultura afro-brasileira através da leitura dramatizada de "Orfeu da Conceição" que foi apresentada na programação do "projeto "100 anos Vinicius de Moraes", na Biblioteca Parque Estadual do Rio de Janeiro. A homenagem continua, agora no Vidigal, um dos bairros que mais expressa o gosto do carioca pelo teatro, pela música e pelas artes e que inspirava o querido poeta. Conheça a poesia "Balada na praia do Vidigal".

 

A leitura dramatizada, marcada pela forte afinidade do Nós do Morro com a linguagem musical, com direção de Fernando Mello da Costa, elenco formado pelos atores Camillo Oliveira, Cida Costa, Flávio Mariano, Gizela Mascarenhas, Helio Rodrigues, Hugo Alves, Juliana Melo, Kizi Vaz, Lorena Baesso, Luis Rodriguez, Marcello Melo, Nino Batista, Renan Monteiro, Samuel Melo, Sandro Mattos, Tatiana Delfina e Vanessa Aragão e participações especiais de Alexis Abrahan e Max André.

 

Sinopse

 

Orfeu, um sambista que vive no morro, apaixona-se por Eurídice. A paixão desperta o ciúme e o desejo de vingança em Mira, ex-namorada do sambista, que leva Aristeu, apaixonado por Eurídice, a matá-la. Numa terça-feira, último dia de Carnaval, Orfeu desce do morro e vai até o Clube Os Maiorais do Inferno depois de Eurídice estar morta. Já ensandecido, ele vai procurar Eurídice para ver sua amada, tentar encontrá-la novamente. De volta à favela, solitário, ele é morto por Mira e pelas outras mulheres açuladas por ela.

 

Serviço

Leitura Dramatizada "Orfeu da Conceição", uma homenagem a Vinicius de Moraes

 

Dias/horários:

22 (sex) e 23 (sáb) às 21h

24 (dom) às 20h

29 (sex) e 30 (sáb) às 21h

31 (dom) às 20h

 

Local

Teatro do Vidigal - Rua Dr. Olinto de Magalhães, 16 - fundos da Escola Almirante Tamandaré

 

Classificação indicativa: 12 anos

Ingresso colaborativo: R$ 2,00

Lotação do espaço: 50 lugares (procure chegar com antecedência de 30 minutos)

Texto da escritora Maria Clara Machado, esta peça narra a história de Chiquinho Colibri, em busca do amor de Maria Minhoca, contra a vontade de seu pai, o lorde inglês Mister João Buldog da Silva, que pretende casar sua filha com o ambicioso Capitão Quartel.

 

Esta leitura dramatiza é uma das ações do “Nós dos Livros”, projeto aprovado no edital de seleção pública “Prêmio de Apoio às Bibliotecas Comunitárias e Pontos de Leitura” da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), Fundação Federal, vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), com sede no Rio de Janeiro.

 

O projeto “Nós dos Livros” está em sintonia com a Política Nacional do Livro, Plano Nacional do Livro e Leitura – PNLL e o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP).

 

Serviço:

Leitura dramatizada "Maria Minhoca"

15 de agosto

18h30

Teatro do Vidigal - Rua Dr. Olinto de Magalhães, 16, fundos da Escola Almirante Tamandaré.

 

Classificação Indicativa livre

O jornalista e dramaturgo Luis Paulo Correa e Castro, diretor do Nós do Morro, é o terceiro entrevistado do especial "Eleições e Favelas" do Jornal Brasil 247, que está ouvindo os principais atores que agem nos territórios populares, dos segmentos "Organização da Sociedade Civil", "Academia", "Liderança Religiosa" e "Cultura e Liderança Comunitária".

 

Leia a entrevista na íntegra no Jornal Brasil 247.

A apresentadora Didi Wagner, capa da Revista QUEM de julho, esteve no Vidigal fazendo uma matéria. Nesta oportunidade, entrevistou Luciana Bezerra, gestora do Grupo Nós do Morro, falando sobre preservação da identidade do bairro e qualidade de vida.

 

Acesse a entrevista na íntegra no Youtube.

O Grupo Nós do Morro é mais do que uma associação cultural. Somos um movimento de estímulo a iniciativas inovadoras. É por isso que estamos apoiando o projeto Universidade das Quebradas 2014/2.

 

Idealizado por Heloisa Buarque de Holanda, este projeto trata-se de uma experiência acadêmica na área da cultura que pretende consolidar um ambiente de troca entre saberes e práticas de criação e produção de conhecimento, articulando experiências culturais e intelectuais produzidas dentro e fora da academia.

 

A Universidade das Quebradas pretende ser de duas vias: para as comunidades que estão produzindo cultura mas não têm acesso à produção intelectual das Universidades, também para a comunidade acadêmica que denuncia carência similar em relação ao acesso a outros saberes e formações culturais fora da Universidade.

 

Acesse o portal do projeto

 

*****************

 

Leia também:

 

[INFORMAÇÕES SOBRE PROCESSO SELETIVO PARA OFICINAS] oficinas, entrevistas, visitas e perguntas mais frequentes sobre o Nós do Morro em 2014

Projeto "Nós dos Livros" amplia a oferta de serviços da biblioteca comunitária do Nós do Morro no Vidigal

Cine Shakespeare estuda "Hamlet" de Franco Zeffirelli

O produtor e pesquisador Paul Heritage fala dos projetos de intercâmbio entre o Brasil e o Reino Unido

Projeto "Shakespeare no Morro" recebe a palestra do professor José Roberto de Castro Neves da PUC Rio

Nós do Morro marca presença em atividades do Fórum Shakespeare RJ

O Nós do Morro deu início as atividade do “Nós dos Livros”, projeto aprovado no edital de seleção pública “Prêmio de Apoio às Bibliotecas Comunitárias e Pontos de Leitura” da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), Fundação Federal, vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), com sede no Rio de Janeiro.

 

Dia 26 de junho aconteceu a leitura dramatizada “Pluft, o fantasminha” no Teatro do Vidigal e dia 11 de julho foi a vez da leitura de “A bruxinha que era boa” no Casarão do Nós do Morro, ambos textos da escritora Maria Clara Machado.

 

Estão previstas mais leituras dramatizadas, oficinas de contação de histórias com Renata e oficinas de contos com o escritor João Paulo Vaz. Além disso, a biblioteca passou a estar aberta todos os dias, visando oferecer maior oportunidade para os leitores da comunidade.

 

O projeto “Nós dos Livros” está em sintonia com a Política Nacional do Livro, Plano Nacional do Livro e Leitura – PNLL e o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP).

 

*****************

 

Leia também:

 

[INFORMAÇÕES SOBRE PROCESSO SELETIVO PARA OFICINAS] oficinas, entrevistas, visitas e perguntas mais frequentes sobre o Nós do Morro em 2014

Cine Shakespeare estuda "Hamlet" de Franco Zeffirelli

O produtor e pesquisador Paul Heritage fala dos projetos de intercâmbio entre o Brasil e o Reino Unido

Projeto "Shakespeare no Morro" recebe a palestra do professor José Roberto de Castro Neves da PUC Rio

Nós do Morro marca presença em atividades do Fórum Shakespeare RJ

Neste sábado tem uma festinha de dar água na boca aqui no Casarão do Nós do Morro! 

Será a pré-estréia do curta AMANHÃ JÁ É OUTONO de Luciana Bezerra.

Sinopse:

Entre uma noite de romance e uma carona para o trabalho nasce o amor de Paula e Ana.

Filme + Bar + Comidinhas + Pista

Entrada R$ 10

Horário: 21h30

Classificação indicativa: 18 anos

 

*****************

 

Leia também:

 

[NOVO!] Informações sobre processo seletivo, oficinas, entrevistas, visitas e perguntas mais frequentes sobre o Nós do Morro em 2014

Cine Shakespeare estuda "Hamlet" de Franco Zeffirelli

O produtor e pesquisador Paul Heritage fala dos projetos de intercâmbio entre o Brasil e o Reino Unido

Projeto "Shakespeare no Morro" recebe a palestra do professor José Roberto de Castro Neves da PUC Rio

 

Nós do Morro marca presença em atividades do Fórum Shakespeare RJ

 

O Cine Shakespeare, ação cultural que faz parte do projeto "Shakespeare no Morro", estudou dia 01 de julho o filme "Hamlet" (Franco Zeffirelli, EUA/Reino Unido/França/Espanha, 1990, 2h15 min, drama). 

 

O filme, baseado na peça homônima de William Shakespeare, conta a história de Hamlet (Mel Gibson), Príncipe da Dinamarca, que retorna ao seu país quando seu pai morre. O fantasma do rei aparece e conta a Hamlet que seu tio e sua mãe o tinham assassinado. Hamlet passa então a ser atormentado pela decisão de vingar a morte do pai ou ter uma atitude passiva em relação ao fato.

 

*****************

 

Leia também:

 

[NOVO!] Informações sobre processo seletivo, oficinas, entrevistas, visitas e perguntas mais frequentes sobre o Nós do Morro em 2014

Cine Shakespeare estuda o filme "The Taming of the Shrew" de Franco Zeffirelli

O produtor e pesquisador Paul Heritage fala dos projetos de intercâmbio entre o Brasil e o Reino Unido

Projeto "Shakespeare no Morro" recebe a palestra do professor José Roberto de Castro Neves da PUC Rio

Nós do Morro marca presença em atividades do Fórum Shakespeare RJ

Patrocínio

logo petrobras

Sobre o Nós do Morro

mod sobre nos

O Nós do Morro foi fundado em 1986, com o objetivo de criar acesso à arte e à cultura para as crianças, jovens e adultos do Morro do Vidigal. Hoje, o projeto se consolidou e oferece... Leia mais.

Memorial

mod memorial fred

Fred Pinheiro surgiu na nossa vida em 1986. Convidado pelo amigo Guti Fraga, ele subiu o Morro do Vidigal para ajudar a fundar o Nós do Morro. Naquele tempo, aliás, nem éramos Nós do Morro ainda... Leia mais.

Buscar no site

Cadastre-se